RJ: Bondinho Pão de Açúcar recebe alunos de escolas públicas e particulares

RJ- educa bondinhoConteúdo tem viés ambiental para alunos de todas as idades

A partir de hoje (11), o programa Educa Bondinho - que recebe diariamente alunos de escolas públicas e particulares para aulas de educação ambiental no Bondinho Pão de Açúcar - abre suas inscrições para visitas gratuitas. O projeto estimula os estudantes a interagirem com temas ligados a Ciências, Biologia, Geografia e História do Brasil em uma grande sala de aula ao ar livre. 

As visitas podem ser bilíngues e customizadas pelo professor de acordo com o conteúdo trabalhado nas escolas. O Bondinho Pão de Açúcar recebe estudantes há 30 anos, que fazem o passeio gratuitamente. Em 2015, o conteúdo passou por transformações e agora aborda temas das grades curriculares de turmas da educação infantil ao ensino médio, sempre com viés ambiental. Até agora, o Educa Bondinho já recebeu mais de 35 mil alunos e docentes, de 60 cidades diferentes. No ano passado, 11,7 mil estudantes e professores de 233 instituições públicas e 69 da rede privada fizeram o passeio. 

"O programa é uma grande oportunidade para crianças e adolescentes, de diferentes regiões e classes sociais, conhecerem um dos parques mais visitados do mundo. E, principalmente, aprenderem na prática sobre a importância da conservação da natureza, além de fatos históricos e geográficos da cidade, em um contato muito especial com a biodiversidade local". — descreve Roberta Pena, engenheira ambiental do Bondinho Pão de Açúcar, que lidera o projeto.

RJ: conteúdo

Durante a experiência, educadores do Instituto Moleque Mateiro, reconhecido na área de educação ambiental em áreas verdes, estimulam os alunos sobre vários aspectos da fauna e flora da Mata Atlântica, poluição da Baía de Guanabara e urbanização. A visita também trabalha fatos históricos da fundação da cidade e a geografia das paisagens cariocas.

O conteúdo do projeto é dividido em quatro cartilhas, voltados para alunos do ensino infantil, fundamental I, fundamental II e médio, que ajudam a consolidar o aprendizado adquirido durante a visita e podem ser trabalhadas em sala de aula. As cartilhas ficam disponíveis para download no site do Bondinho, para que os conteúdos da visita sejam disseminados por todas as turmas da escola.

O agendamento escolar tem vagas limitadas e deve ser feito pelo site e as visitas são gratuitas para as escolas públicas e professores da rede privada.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Projeto Educa Bondinho

Comentários