Ramada Encore Berrini terá robô para atender aos hóspedes

Ramada Encore Berrini

Uma onda tecnológica já vigente no exterior, inclusive na área de segurança, começa a ganhar espaço no Brasil. Localizado na Zona Sul de São Paulo, o Ramada Encore Berrini terá um robô autônomo focado no atendimento aos hóspedes. No empreendimento, o equipamento exercerá funções de um concierge, além de outras tarefas repetitivas. A empresa responsável pela Rebeca Berrini, nome dado à máquina, é a XRobô. A unidade integra o portfólio da Vert Hotéis, que este ano fez acordo estratégico com a Atlantica Hotels.

Usando a tecnologia de inteligência artificial, o robô auxiliará no fornecimento de informações aos hóspedes. Entre elas, horários de funcionamento da área de A&B (Alimentos & Bebidas) do hotel, atrações turísticas na região e dicas para utilização do Wi-Fi. Vale ressaltar que a Rebeca Berrini não atenderá a pedidos de itens e tampouco efetuará entregas.

"A inteligência artificial está presente em diversos setores da indústria brasileira", afirma Bruno Guimarães, diretor de Marketing e Vendas da Vert Hotéis. Para o executivo, Rebeca acrescentará ao hotel em produtividade, o que permitirá que os colaboradores se dediquem na experiência do hóspede.

"Essa é uma estratégia da marca Ramada Encore pelo estilo, categoria e características da bandeira. No caso do hotel da Berrini, alinhamos também conceitos de design, arte, tecnologia e informação", conta. O Ramada Encore Berrini, que recebeu investimentos de R$ 40 milhões, abre as portas em 13 de novembro,

Ramada Encore Berrini: o robô

Para ser servido pelo robô, o hóspede deve se aproximar da máquina e dizer o que precisa. Com hardware que permite interpretação de voz e fala, Rebeca possui um corpo em formato humanoide, com rosto, braços e silhueta feminina. O equipamento tem cerca de 1 metro de altura e chega a velocidade máxima de 2,5 km/h.

Decorada com a logomarca do Ramada Encore e um crachá de identificação, a programação permite que Rebeca circule pelo lobby de maneira autônoma. Quedas e colisões com obstáculos são evitadas graças aos sensores de toque, presença e movimento.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Vert Hotéis

Comentários