Novotel Rio de Janeiro Botafogo diminiu perda de alimentos em 70%

Novotel Rio de Janeiro BotafogoPor dia, um terço dos alimentos produzidos no mundo é desperdiçado

No último mês, o Novotel Rio de Janeiro Botafogo diminiu 70% do desperdício de alimentos na unidade. Em 45 dias de monitoramento, o empreendimento reaproveitou 574 kg em insumos, jogando fora 174 kg. O resultado faz parte de uma gestão do hotel voltada ao não desperdício alimentar.

Ações como separação de lixo orgânico no restaurante e pesagem das sobras são algumas das formas de acompanhamento do Novotel Botafogo. O acompanhamento do processo aconteceu por meio de uma planilha e contou também com a participação de colaboradores e hóspedes.

Para gerar engajamento entre as pessoas que atuam diretamente com os alimentos, o hotel realizou workshops de conscientização. Profissionais das equipes de cozinha e do restaurante receberam dicas da consultoria e auditoria nutricional Nutricontrol. A AccorHotels, rede que administra a unidade, também ajudou distribuindo materiais de comunicação em mesas de refeições.

De acordo com Antonietta Varlese, vice-presidente de Comunicação e Responsabilidade Social Corporativa AccorHotels América do Sul, a ideia é alterar comportamentos. "A mudança comportamental acontecerá em hóspedes e colaboradores" diz. "Nossa meta global é reduzir em 30% o desperdício alimentar até 2020", complementa a executiva.

Além dessa iniciativa, a organização francesa possui outra forma de contribuir com o planeta. Com chancela de seu projeto Planet 21, a AccorHotels converteu todas as áreas livres de seus hotéis em hortas.

Novotel Rio de Janeiro Botafogo: processos

A iniciativa teve como primeira ação corretiva a gastronomia de desperdício zero. Desde então, alimentos pré-preparados que não foram disponibilizados no café da manhã são transformados em outros pratos e servidos nas demais refeições. Em última instância, eles vão para composteira e se transformam em adubo para plantas. 

"Segundo a FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura), diariamente, um terço dos alimentos produzidos no mundo é desperdiçado. A AccorHotels precisa dar o exemplo e contribuir para a sociedade”, finaliza Antonietta.

(*) Crédito da foto: congerdesign/Pixabay

Comentários