Hotelaria americana só volta aos padrões pré-coronavírus em 2023, diz STR

STR - previsões EUA_pós-pandemia_capaHotelaria americana deve demorar 11 trimestres para retomar crescimento

Com projeção similar à do Brasil, a hotelaria norte-americana só deve retornar aos padrões pré-pandemia em 2023. É o que prevê a STR e Tourism Economics, que fazem a avaliação mesmo após o setor no país dar sinais positivos de reação. Em análise feita pela empresa recentemente, por exemplo, a média no mercado já estava em 40%

“Comparado com nossa última previsão, melhoramos nossa projeção de demanda para 2020 de -45% para -36,2%”, destaca Jan Freitag, vice-presidente sênior de Insights de Hospedagem da STR. Segundo o executivo, a expectativa é que o setor demore 11 trimestres até o número de diárias vendidas atinja os níveis correspondentes a 2019.

STR: mais análise

Os níveis de demanda e ocupação continuam aumentando semanalmente no mercado norte-americano, mostram os dados. Mesmo que lentamente, os indicadores deixam claro que o auge da crise já passou. "O pior ficou mesmo para trás”, ressalta Adam Sacks, presidente da Tourism Economics.

“O desempenho recente mostrou que a demanda por viagens está aumentando timidamente. Embora o Covid-19 continue sendo um fator definidor, as perspectivas dão a entender que haverá ganhos adicionais, à medida que a confiança é gradualmente restaurada e as restrições diminuídas”, completa.

STR - previsões EUA_pós-pandemia

(*) Crédito da capa: Nathan DeFiesta/Unsplash

(**) Crédito da infográfico: STR e Tourism Economics

Comentários