Argentina sobe três posições no ranking do turismo de reuniões da ICCA

Argentina- ICCABuenos Aires segue entre os principais destinos corporativos das Américas

O ICCA (International Congress and Convention Association) divulgou o Country and City Ranking 2018 ontem (13). Marcando mais um ano de sucesso do setor de reuniões da associação, a associação registrou 12,9 mil encontros de associações rotativas no ano passado, aumento de 379 reuniões em comparação com 2017. Em 18º lugar da lista, a Argentina subiu três posições no ranking este ano, se consolidando ainda mais na rota do turismo corporativo.

Em 11º lugar, Buenos Aires confirma sua participação entre as líderes das Américas pelo décimo ano consecutivo. Em 2018, o país atingiu um recorde histórico de 232 congressos internacionais, o que representa crescimento de 17% em relação a 2017. 

"Turismo de Encontro é outro dos fatores fundamentais para o crescimento do número de chegadas de visitantes estrangeiros, para o desenvolvimento de economias regionais e para a promoção do federalismo em nosso setor”, afirmou Gustavo Santos,  secretário de Turismo da Nação. "Através do trabalho em equipe, entre as esferas pública e privada, podemos obter ótimos resultados e o último ranking da ICCA dá conta disso", completa. 

A nação hermana conta com 50 destinos prontos para realizar eventos internacionais e 32 Convention & Visitors Bureau. No ano passado, 30 destinos argentinos desenvolveram pelo menos um encontro internacional, segundo dados da ICCA. Buenos Aires liderou a lista com 133 reuniões, seguida por Córdoba (21), Mendoza (14), Salta (9) e La Plata (7). 

Argentina: outras posições

À frente dos argentinos uma posição no ranking, o Brasil ficou com a 17ª posição, com total de 233 reuniões realizadas. Entretanto, nenhuma cidade do país apareceu entre as 21 com maior número de encontros no período. Paris aparece em primeiro lugar, com 212 reuniões na lista de cidades e os Estados Unidos lidera o ranking de países, com 947 encontros.

A ICCA reúne os principais fornecedores mundiais na organização de reuniões e congressos internacionais e seus membros representam os destinos do mundo. O turismo de reuniões é um dos segmentos que mais crescem no mundo e atualmente gera mais de US$ 400 bilhões anuais.

(*) Crédito da foto: matcuz/Pixabay

Comentários