Ctrip investe em fabricante de robôs para hotelaria

Ctrip - robôYunji Technology tem robôs em 500 hotéis na China

A era da robótica e da Inteligência Artificial parece não ter volta na hotelaria. Da segurança ao room service, passando ainda pelo atendimento aos clientes, o equipamento vem se disseminando no setor. De olho nesse movimento, a Ctrip anunciou esta semana que aportou recursos na Yunji Technology, fabricante de robôs baseada em Pequim. A soma total de investimentos não foi divulgada.

A Yunji Technology produz robôs para uma ampla variedade de indústrias, incluindo a hoteleira. Hoje, a companhia tem mais de unidades operando em mais de 500 hotéis no mercado chinês. De maneira geral, são programados para executar duas das três tarefas citadas no início do texto: room service e concierge. 

Além disso, a empresa chinesa tem clientes em vários outros países. Segundo a Yunji Technology, os robôs também estão em operação em hotéis no Japão, Coréia do Sul, Cingapura, Tailândia, Arábia Saudita e na América do Norte. 

Ctrip e Inteligência Artificial

Em comunicado, a Ctrip informou a negociação integra os esforços da empresa na área de Inteligência Artificial. Mais ainda, o acordo prevê também ampla colaboração entre as duas empresas. O objetivo é “promover soluções e aplicações inteligentes para a indústria de hospitalidade”. 

Um dos projetos em andamento é o “Easy Stay”, com lançamento programado para março. O serviço permite que reservas realizadas por meio da OTA chinesa e de outras plataformas tenham verificação de identificação automatizada para agilizar o check-in nos hotéis. Já as chaves seriam emitidas e obtidas por meio de quiosques de autoatendimento.

A OTA chinesa disse que tem atualmente 8 mil engenheiros trabalhando no desenvolvimento desse e de outros projetos. Segundo a Ctrip, todos os esforços estão voltados para tecnologias na área apelidada como ABC (Artificial Intelligence, Big Data and Cloud Computing).

Para ler o conteúdo original, acesse https://bit.ly/2CaDWvQ.

(*) Crédito da foto: StockSnap/Pixabay

Comentários